Após visita de deputados, região oeste receberá meio milhão de reais para plano de desenvolvimento

Após visita de deputados, região oeste receberá meio milhão de reais para plano de desenvolvimento

A expedição que percorreu o oeste de Mato Grosso garantiu, junto ao Governo Federal, meio milhão de reais para início da elaboração do plano estratégico que vai impulsionar o desenvolvimento regional. A viabilização do recurso foi anunciada pela equipe do ministério da Integração Nacional, que acompanhou a visita nos município da região, nos dias 17 e 18 de fevereiro.

Dos mais de mil quilômetros percorridos, deputados da região, secretários e membros dos consórcios intermunicipais levantaram as potencialidade locais, com ênfase nas cadeias produtivas, vocações econômicas e as respectivas peculiaridades dos municípios de Cáceres, Pontes e Lacerda, Araputanga, São José dos Quatro Marcos, Mirassol D'Oeste e Curvelândia. Os debates envolveram os poderes executivo e legislativo locais, entidades, comunidade acadêmica e sociedade organizada.

De acordo com o deputado Wancley Carvalho, que coordena na Assembleia Legislativa (ALMT) a Frente Parlamentar para o Desenvolvimento da Região Oeste de Mato Grosso (Frente Oeste), a elaboração do plano de desenvolvimento será o início de uma nova história para região. "Nossa região é rica em minérios, hortifrutigranjeiros, madeira, piscicultura, bacia leiteira e turismo, entretanto falta um trabalho técnico, que começa a ser desenvolvido agora, para potencializar o desenvolvimento", pontuou.

Durante discurso no palácio Paiaguás, em Cuiabá, Wancley agradeceu ao deputado federal, Ezequiel Fonseca (PP), que articulou a vinda dos secretários do Ministério da Integração, Alexandre Chumbinho, de Desenvolvimento Regional, José Rodrigues Dória, da Irrigação Nacional e Wellington Simões de Gestão Política. A reunião de apresentação dos dados levantados durante a visita, contou com a presença do governador em exercício, Carlos Fávaro (PSD).

Wancley lembrou ainda que outro setor que será extremamente beneficiado com a elaboração do plano é o turismo. "Nossa região tem, em dimensões, os maiores pontos turísticos do estado: a maior cascata, em Vila Bela, ponto mais alto do estado, em Pontes e Lacerda e a maior caverna, em Curvelândia. Precisamos criar condições de visitação aos turistas, com infraestrutura e planejamento", afirmou o deputado do Partido Verde.

Ficará a cargo da Universidade do Estado de Mato Grosso (Unemat), a missão de iniciar o planejamento técnico para elaboração do plano, sob coordenação do Gabinete de Desenvolvimento Regional. A região Oeste de Mato Grosso será a primeira a passar pelo diagnóstico.

A reunião também contou com a presença dos deputados estaduais Dr. Leonardo (PDT) e Adriano Silva (PSB), secretário de Estado de Desenvolvimento Regional, Eduardo Moura, presidente da Ceasa/MT, Daniel Brolese, presidente da Empaer, Layr Mota, membros dos consórcios intermunicipais de desenvolvimento, representantes da SEAF, prefeitos, secretários municipais e vereadores.

Eduardo Cardoso

3 Comentários

  1. […] ano, após a visita técnica de representantes dos governos estadual e federal a região, foram destinados R$ 500 mil para o início da elaboração do plano estratégico que vai identificar as potencialidades e […]

Deixe uma Resposta

Close