Wancley Carvalho destina mais de R$ 5 milhões em emendas para 2018

Wancley Carvalho destina mais de R$ 5 milhões em emendas para 2018

Texto: Eduardo Cardoso/Foto: JL Siqueira/ALMT

Priorizando três áreas essências para o desenvolvimento de Mato Grosso, o deputado Wancley Carvalho (PV) vai destinar, em 2018, R$ 1,140 milhão em emendas parlamentares para segurança pública. O valor deverá ser aplicado em aquisição de equipamentos e melhorias das unidades da Polícia Civil e no programa de Fortalecimento da Prevenção às Drogas (Proerd), da Polícia Militar.

Os recursos destinados às emendas são disponibilizados pela Lei Orçamentária Anual (LOA), previstas na programação da Secretaria de Estado de Planejamento (Seplan), e apresentados pelo deputado. No total o parlamentar destinou para o ano de 2018, R$ 5.782.577,72.

Segundo Wancley, as emendas na segurança pública preveem a destinação de R$ 600 mil para reforma completa do prédio que abriga a delegacia de Pontes e Lacerda. Outros R$ 500 mil serão utilizados para aquisição de armamento pesado, coletes balísticos femininos, etilômetros e equipamentos de informática para a Polícia Civil.

Para auxiliar na educação e prevenção contra as drogas, Wancley encaminhou R$ 40 mil para o fortalecimento do Projeto Educacional de Resistência às Drogas e a Violência (Proerd), da Polícia Militar.

Para pavimentação e recuperação da malha viária dos municípios do estado, o parlamentar definiu a aplicação de R$ 1.601.288,86, por meio da secretaria de Estado de Cidades. Na Lei Orçamentária Anual (LOA 2018), o deputado provisionou também o valor de R$ 1.445.644,43 de suas emendas para investir em adequação e manutenção da estrutura das unidades de ensino.

Para a saúde, o parlamentar destinou R$ 693.909,33 para aquisição de materiais e equipamentos para a saúde pública. Para a o desenvolvimento desportivo em Mato Grosso, Wancley definiu R$ 375.867,55 mil, que serão utilizados para compra de materiais esportivos e instalação de academias ao ar livre nos municípios. Outros R$ 375.867,55 mil serão utilizados para oportunizar e democratizar a área cultural de Mato Grosso.

Do montante de R$ 5.782.577,72 milhões, a aplicação de 50% das emendas individuais são obrigatórias, nas áreas da saúde (12%), educação (25%), esporte e lazer (6,5%), cultura (6,5%), e outros 50% livre alocação.

Eduardo Cardoso

Deixe uma Resposta

Close