Policiais civis cobram de secretário reajuste concedido no governo Silval

Policiais civis cobram de secretário reajuste concedido no governo Silval

O deputado estadual e investigador da Polícia Civil, Wancley Carvalho (PV), participou da assembleia geral do Sindicato dos Trabalhadores da Polícia Civil de Mato Grosso (Siagespoc-MT), nesta segunda-feira (26). Por unanimidade, investigadores e escrivães decidiram pelo indicativo de greve da categoria. Uma reunião marcada com o secretário de Segurança Mauro Zaque, na terça (27), pode reverter a decisão.

A opção pelo indicativo de greve foi motivado pelo não cumprimento do reajuste salarial de 5%, firmado na gestão do ex-governador Silval Barbosa (PMDB). O aumento deveria ser incluído na folha de pagamento de janeiro.

A decisão da assembleia da categoria será levada ao secretário de Segurança Mauro Zaque, na tarde desta terça-feira (27) no Palácio Paiaguás. "Queremos dialogar com o secretário e encontrar a melhor solução.", afirmou o deputado e investigador Wancley Carvalho.

Caso não haja entendimento com o representante da pasta, de acordo com o presidente do Sindicato dos Trabalhadores da Polícia Civil de Mato Grosso, Cledson Gonçalves, uma nova assembleia deve decidir pela paralisação.

Eduardo Cardoso

Deixe uma Resposta

Close