CST discute autonomia administrativa e financeira para as policias de MT

CST discute autonomia administrativa e financeira para as policias de MT

José Luis Laranja/ALMT

A Assembleia Legislativa realiza nesta quarta-feira, a partir das 9 horas, na sala 202, reunião da Câmara Setorial Temática para diagnosticar, avaliar, discutir e propor a autonomia administrativa e financeira das polícias Civil, Militar, Corpo de Bombeiros e Politec.

A proposta é do deputado Wancley Carvalho (PV), que pretende fortalecer a discussão de um novo modelo de autonomia para as forças de Segurança Pública de Mato Grosso, com o propósito de desburocratizar e destravar a gestão das forças do setor.

De acordo com o parlamentar, a Segurança Pública de Mato Grosso se encontra em condições deficitárias de trabalho, com a falta de estrutura física nas delegacias, pessoal, e instalações dos prédios. Ele argumentou que, em alguns locais, faltam viaturas para o serviço de segurança, tanto na capital quanto no interior, como por exemplo, a Politec.

Conforme Wancley Carvalho, atualmente, as forças de segurança dependem financeiramente da Secretaria de Estado de Segurança Pública e da Secretaria de Estado de Gestão para resolver todos os problemas.

A CST é assim composta: presidente – Wancley Carvalho; relator – José Nilson Vital Junior; membros – Antonio Nivaldo de Lara Filho; Antonio Edwirges; Marlon Gonçalves; Edilelson Nazário; Roger Ramos Martini; Wágner Sampaio; Davi Nogueira; Oziel Araújo; Moacir Rodrigues.

Eduardo Cardoso

Deixe uma Resposta

Close